Lançamento do Livro: O INSTRUTOR DE ESPORTE DE AVENTURA NO BRASIL E OS SABERES NECESSÁRIOS A SUA ATUAÇÃO PROFISSIONAL

Sinopse
Este livro procura ampliar as discussões acerca da atuação do instrutor de esporte de aventura no contexto brasileiro a partir da identificação de saberes que perpassam a prática desse profissional. Para tanto, considera-se o âmbito do processo ensino e aprendizagem, bem como da condução das diferentes modalidades que compõem a vertente denominada esporte de aventura.O livro representa um esforço no sentido de pensar-se na possibilidade de sistematização da atuação profissional do instrutor de esporte de aventura no nosso país vislumbrando acima de tudo a qualificação da prática profissional para uma vertente esportiva na qual se tem, para além do contato com o meio natural, o risco como fator inerente.

Saiba mais: http://www.editoracrv.com.br/?f=produto_detalhes&pid=3605

Anúncios
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

O instrutor de esporte de aventura no Brasil e os saberes necessários a sua atuação profissional

Previsão para novembro de 2012, será publicado o livro “O instrutor de esporte de aventura no Brasil e os saberes necessários a sua atuação profissional”. 

A obra, como enunciado no título, versa sobre a atuação do instrutor de esporte de aventura no Brasil e discorre sobre saberes necessários a sua prática de intervenção com as diferentes modalidades de esporte de aventura que se inserem nos ambientes naturais terrestre, aquático e aéreo.

Desde já convido-os a deslizar pelas páginas do livro e apreendê-lo.

 

Sumário

Prefácio
Profa. Dra. Vera Lúcia de Menezes Costa.

1 – ESPORTE DE AVENTURA E TURISMO DE AVENTURA: profissional necessário

2 – SABERES E ATUAÇÃO PROFISSIONAL: da formação à atuação do instrutor de esporte de aventura

3 – DIMENSÕES QUE ORIENTAM A PRÁTICA DE ESPORTE DE AVENTURA

Preservacional: meio natural

Preservacional: praticante

Recursos biotecnológicos

Social

Cultural

Econômica

Físico-motora

Sensação de risco

Análise do risco a partir do conceito de redoma sensorial

A prática de esporte de aventura vista por entre a redoma sensorial

Motivacional

Didático-pedagógica

O instrutor de esporte de aventura e sua influência no ambiente de aprendizagem

Coerência entre a tarefa a ser desenvolvida e as condições prévias do praticante

Autonomia do praticante em ações realizadas nos diferentes ambientes naturais

Domínio e consideração por parte do instrutor das dimensões que norteiam o esporte de

aventura enquanto conteúdo no decorrer do processo instrucional

CONCLUSÃO

REFERÊNCIA

 

fonte:

CEV (Centro Esportivo Virtual)

http://cev.org.br/comunidade/esportes-aventura/debate/publicacao–breve/

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Selo de 100 anos de Montanhismo no Brasil será lançado domingo

 

Neste domingo (11/dezembro/2011), às 12:00h, será lançado o selo comemorativo dos 100 anos de Montanhismo no Brasil. A ação é uma das primeiras da I Semana Brasileira de Montanhismo, o evento comemorativo do centenário do esporte no país, na última semana de abril de 2012 no Rio de Janeiro. 

O selo poderá ser baixado online pelos interessados no site do evento, que estará no ar no dia 10 (www.semanademontanhismo.com.br), assim como o manual de uso da marca. 

O lançamento será realizado junto com as comemorações do Dia Internacional das Montanhas, no Parque Nacional da Tijuca (RJ), e contará  também com a exibição do filme Caminho Teixeira que revive a conquista do Dedo de Deus em 1912, marco do montanhismo brasileiro. Serão convidados a participar: o prefeito da cidade Eduardo Paes, o secretário estadual de meio ambiente Carlos Minc, o secretário de turismo Antonio Pedro, e o montanhista André Ilha.

A I Semana Brasileira de Montanhismo 2012 é uma realização da Confederação Brasileira de Montanhismo e Escalada (CBME), com organização da Federação de Montanhismo do Estado do Rio de Janeiro (Femerj), apoios do ICMBio, INEA, Riotur, e tem o portal Webventure como mídia oficial.

Comemoração do Dia Internacional das Montanhas
 
Lançamento oficial do Selo Comemorativo de 100 anos de Montanhismo no Brasil
11 de dezembro de 2011
Parque Nacional da Tijuca, centro de visitantes, às 12hs
Floresta da Tijuca, Rio de Janeiro – RJ
 
 Urca, Rio de Janeiro – RJ
23 de abril até 1 de maio de 2012
 
Produção 9D
Direção Alexandre Diniz
 
 
Mais informações: kikabradford@gmail.com
 
Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Aventure-se…

DATA DO EVENTO: 04/12/11 ( D0MINGO )

Contato : 88404803 (Manoel) 88637770 (Carol)
Email: poranga.ce@hotmail.com
Pagamento até o dia : 22/11 ( Terça – Feira )
Lugares: 250 pessoas
Obs: Não faremos reserva,o pagamento confirmará a sua presença.

Pacote R$ 50,00 + 1kg de alimento incluindo:

1- Acesso livre às atividades do museu e campo de aventura (charrete -pedalinho- bicicleta-arvorismo-tif-high jump-muro de escalada-tirolesa-escalada em rocha-caiaque).

2- Passaporte com acesso ao museu.

3- Buffet ( serv service á vontade ) menos sobremesa.

4- 01 suco jandaia 200 ml.

5- 01 colpo de caldo de cana.

6- O ônibus que sairá da UECE.

ADICIONAIS:

Inclusão de Paint-ball e Arco e Flecha: R$ 15,00(Por pessoa)
100 bolas Paint-ball
10 Flechas

CAFÉ DA MANHÃ / CARDÁPIO REGIONAL R$15,00 (POR PESSOA)

COFFEE BREAK / CARDÁPIO REGIONAL R$15,00 (POR PESSOA)

Inclusão de Fotos:
100 fotos no CD R$ 80,00

Garanta a sua vaga!!!

Camisa do Evento

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Oficina de Corrida de Orientação

O Clube de Orientação Desporto e Lazer realizou no último domingo, dia 06/11, na UFC (Campus do Pici). Tivemos a presença de vários novos orientistas (atletas de orientação), fizemos a parte teórica para a apresentação do esporte e explicação das técnicas usadas no mesmo, logo após, fomos para a parte prática – brincar de se orientar – procurar os pontos na mata.

Depois de orientar o mapa, tirar o azimute, calcular a distância… a grande questão era saber escolher a melhor rota, teve um camarada que foi premiado com lama até a coxa, outros sujaram apenas o tênis e outros que fizeram uns metros a mais de corrida mas chegaram limpinhos. Mas, tudo isso faz parte da orientação, e sujar-se pouco ou muito não significa que fez-se o percurso melhor ou pior, afinal de contas, quem está no meio do mato sabe que imprevistos são “rotineiros”, o que mais importa é que nos orientamos, encontramos caminhos que nos levaram ao ponto certo.

Publicado em Uncategorized | 1 Comentário

Escalada Esportiva

Condições gerais mais simples e seguras, permitindo ao escalador preocupar-se puramente com seu desempenho físico sobre a via, caracteriza o que chamamos de escalada esportiva. O aspecto psicológico é minimizado pelo alto grau de segurança da escalada.

Trata-se de uma versão mais moderna e esportiva de escalada em livre. Por exemplo: proteções fixas, próximas e de boa qualidade, fácil acesso, boa ancoragem para o segurador, vias curtas e normalmente de alta dificuldade.

Em uma boa via de escalada esportiva, o escalador se concentra na dificuldade dos movimentos, sem se preocupar tanto com as conseqüências de uma possível queda, pois esta será sempre segura.

A qualidade e simplicidade das proteções permitiram aos escaladores desenvolverem movimentos muito difíceis e atléticos, sem receios de repetidas quedas.

Route Setter

Durante a 2ª etapa do III Campeonato Cearense de Escalada Esportiva, aconteceu uma certificação de

 route setters, com o objetivo de fomentar a escalada esportiva, preparando escaladores para atuar nos eventos locais. O paranaense Anderson Gouveia, coordenador dos route setters da CBME foi o responsável pela certificação. O route setter é o responsável por fazer as vias (percursos) por onde os escaladores vão subir. Tarefa essa bastante interessante, o route setter tem nas mãos a missão de promover um show, tanto pra quem está escalando, quanto para quem está assistindo.


O Campeonato Cearense está em sua 2ª etapa, já se preparando para receber os atletas para a 3ª e última etapa.

Agora é hora de incentivar os novos atletas para alavancar a escalada no estado.

 

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário

Escalada Esportiva tenta ganhar espaço na Capital

O caminho é longo, cheio de barreiras. É preciso concentração, estratégia e força nos braços e nas pernas. Se assim não for, o desafio de chegar ao topo pode se perder no meio do caminho. Assim é a escalada esportiva. A atividade ainda é pouco praticada na Capital. Mas, de obstáculo em obstáculo, vem ganhando adeptos.

No fim de semana, no ginásio Paulo Sarasate, a segunda etapa do Campeonato Cearense de Escalada Esportiva conseguiu sobrepor mais uma barreira. “Temos dificuldade de locais onde praticar”, diz o vice-presidente da Federação Cearense de Montanhismo e Escalada, Marcos Arsênio.

Apesar da dificuldade de espaço para escalar, não é preciso ser atleta. O professor de educação física, Robson Lins, 25, praticante desde 2000, dá dicas. Capacete, sapatilha, cadeirinha (equipamento que veste na cintura) e bicarbonato de magnésio – pó para absorver o suor das mãos – são fundamentais.

O “mosquetão”, gancho que segura o escalador na cordas, também é importante. E para conseguir chegar ao topo? “Atitude e força de vontade”, recomenda Robson. “Tem que perder o medo”.

PRÓXIMA ETAPA

Etapa final do Campeonato
A última etapa será realizada nos dias 26 e 27 de novembro. O local ainda não foi definido
21 Atletas na segunda etapa da competição
Na primeira etapa, realizada no Halleluya, em julho, apenas dez atletas participaram

SERVIÇO
Onde praticar?
No Cascatinha, em Maranguape, às terças e quintas-feiras, a partir das 15 horas . Gratuito.
No Paulo Sarasate, na próxima quarta-feira, às 18 horas. Mais informações: www.gebp.org.br

 

Fonte: http://www.opovo.com.br/app/opovo/esportes/2011/09/26/noticiaesportesjornal,2304966/para-corajosos.shtml

Publicado em Uncategorized | Deixe um comentário